logo

Tag : text

25 Mar 2015

“As 21 Indispensáveis Qualidades de Um Líder” é, sem dúvida, o meu livro de eleição. Mas porquê trazê-lo para aqui? Porque muitas vezes nos esquecemos que, mesmo que nem todos sejamos líderes profissionalmente, todos o somos diariamente, nem que seja enquanto líderes da nossa vida. Se tirasse tempo para olhar realmente para si, encontraria as qualidades necessárias para viver os seus sonhos mais ousados, aqueles que são tão grandes que nunca os compartilhou com ninguém? Sim, falo de si, seja […]

17 Mar 2015

Rosinha, minha canoa Quando estou farta da correria dos dias, das tristezas e das angústias, volto sempre – é inevitável – a “Rosinha, minha canoa”. E assim acontece desde os meus 17 anos. Eu volto sempre. É vogando na canoa, ouvindo histórias e lengalengas, percorrendo o Rio Araguaia de cima abaixo, com o Zé Orocó (o velhinho que prefere viver junto da Natureza, escutar os seus ecos e conversas e confidenciar o que sente a uma canoa tão especial), que […]

10 Mar 2015

O Retrato de Dorian Gray de Oscar Wilde, publicado em 1891 e lido por mim em 2014, abanou o meu alicerce vertebral. Fez-me curvar sobre mim mesma. Fez-me dobrar perante evidências. Fez-me girar sobre o eixo da consciência. Dorian Gray fugiu de si mesmo, procurando uma existência à superfície. Dorian Gray fugiu da sua semelhança; de uma semelhança que nunca quis fugir dele. “O objectivo da vida é o desenvolvimento próprio, a total percepção da própria natureza, é para isso […]

06 Mar 2015

O Retorno A Dulce foi minha colega na Faculdade de Direito de Lisboa, mas nãome lembro dela. Um amigo falou-me – há uns três anos, talvez – do seu singular processo criativo de escrita. Quando tinha o romance pronto, apagava-o e escrevia-o de novo.Fiquei muito curiosa e comecei a ler os livros da Dulce. Já os li todos. “O Retorno”, para mim, é um livro maravilhoso. Com uma linguagem rica e serena, de uma forma aparentemente inocente, conta histórias brutais […]

03 Jan 2015

É  quase impossível escolher o livro da minha vida. Eles, os livros, crescem, amadurecem connosco e aquilo que nos marca aos dezasseis, dificilmente deixará a mesma marca aos trinta, aos quarenta. Porque eles, os livros, também são tempo. Que corre à velocidade que os lemos. Por isso é tão difícil escolher um único livro. E assim, decidi escolher o primeiro que me marcou, aos nove anos.  Uns nove anos, deitados num chão coberto por uma alcatifa cor de rosa, o […]

05 Feb 2014

Escolhi este livro porque foi um livro importante para mim. Foi importante porque me mudou, porque marcou a minha (curta) vida e também porque me foi oferecido por alguém que me disse coisas lindas, sim, vagabundos de dedos entrelaçados. Preto, algodão branco, a maneira como dizia a palavra ‘mesmo’, uma série de sonhos, estradas curvilíneas abraçavam a estrada sem fim. O livro (o mais roubado nas livrarias portuguesas em 2009) foi me oferecido numa quente, muito quente tarde de Verão […]

26 Jan 2014

Even before I read , MAUS  was already a special book. It was a gift forem my Vladek . It became even more special while reading . Tells the story lived by a survivor of the Holocaust. This is a work that, through a minimalist drawing style manages to convey so many emotions. Several books have been written and films made on this subject. Although some facts are already known, through a personal story Spiegelman put me close to the reality of Vladek in that historical period, the daily […]

22 Dec 2013

Having only one book of choice is an almost impossible task . Books accompany me throughout life but mark a specific moment . The books have been to me as a stepping stone, a rudder for growth … therefore simplifying, could not help but choose the book I’m about to finish reading and delighting myself with. Despite not yet having just read (but certainly when this text is published it must have happened ) already marked my life. This is […]

08 Oct 2013

How to describe my fascination with this book? I can’t recall much of the story, there are details that fled my memory, but I’ll never forget the afternoon in which I read it for no other book made me grew up so much in such a few hours. All books touch us and contribute for the development of the reader as a person, but only with “A Lua de Joana” did I understood that. This is the only book that made me feel that change so […]

27 Sep 2013

When we seek the answers, the universe conspires in our favor.“ I believe that books are not chosen by us, they… choose us. Bring us messages … "Brida” chose me, was the first book I read by Paulo Coelho, and was offered. In a very particular phase of my life … the door was, so to speak, half open, and “Brida” gave the push. “… Every human being has within itself, something much more important than himself: his gift.” Their […]